23 de mar de 2011

En7r3vista com Larissa Siriani

Olá Pessoal!


Então hoje é quarta-feira, e conforme os primeiros posts, eu tentava sempre colocar entrevistas na quinta. Mais os últimos posts tiveram alguns imprevistos e não rolou no dia. Essa semana foi super corrida pra mim, e eu só percebi hoje que eu ainda não tinha falado com nenhum autor(a) para a entrevista dessa semana, então pelo twitter mesmo eu pedi para a Larissa se ela aceitava fazer a entrevista, e ela foi super gentil e simpática, e aceitou a entrevista super em cima da hora, então eu resolvi adiantar a entrevista para hoje! 
E quero que todos agradeçam a super-ultra-mega simpática Larissa Siriani por ter aceitado a entrevista.


Então bem rápido antes de começar a entrevista, só vou citar algumas coisas sobre a Larissa.


Larissa Siriani tem 18 anos é paulistana e professora de inglês, ela tem seis livros publicados, sendo eles 5 publicados independentemente e 1 publicado pela editora Multifoco.


Então vamos começar a entrevista!


Oi Larissa!



Então para começar vamos a introdução básica, fale um pouco sobre como você está, como você se sente participando da entrevista?


Eu estou bem, obrigada :D
E feliz por estar participando! Agradeço muito a oportunidade :)




Larissa, sempre que o Blog perguntou para os outros autores, alguns apresentaram algumas dificuldades, para achar editora, e etc, pelo falo de serem autores nacionais, mais você pelo que eu pude notar no perfil dos seus livros no Skoob, perdoe-me se eu estiver errado, mais seus primeiros 5 livros foram produção independente, e agora ´´As Bruxas de Oxford`` foi publicado pela editora Multifoco, agora a pergunta, qual foi sua maior dificuldade, nos primeiros livros, sendo eles produções independentes? Houve algum prejuízo para você?


Bom, eu publico meus livros de maneira independente desde 2009. Pra você ter idéia de como foi difícil, você mesmo só deve ter me conhecido agora, nesses últimos tempos. Sem dúvida, a maior dificuldade em qualquer tipo de produção independente é a divulgação, o chegar até o público. Comigo não foi diferente. Eu não entendia nada sobre divulgação, e foi uma batalha me fazer conhecer. E prejuízo... bom, depende do ponto de vista. Financeiro, de certa forma, sim. Mas eu encarei o prejuízo financeiro com bons olhos considerando o lucro que isso teve pra mim enquanto escritora. Sem perder eu não conseguiria chegar onde eu cheguei. Precisei desembolsar muito e deixar o lucro de lado pros meus livros chegarem até os leitores, e não me arrependo. Foi um ótimo investimento.



Então Larissa, escrever não é para muitos, é uma coisa entre saber entrelaçar personagens e histórias que tem que se completar no fim de tudo, você já escreveu 6 livros, e todos eles tem críticas ótimas no mundo dos Blogs, de onde você tira inspiração para seus livros?


[avatar.jpg]Ah, isso varia muito. Eu brinco que eu sempre tenho as melhores idéias quando eu estou tomando banho, e é mais ou menos assim: do nada, me vem alguma coisa. Ai eu sento e penso. Então, ás vezes meses depois, eu escrevo, e vou escrevendo até não ter mais o que escrever. Pode ser que resulte num conto, num livro ou em nada. A inspiração pode vir de um lugar em especial – uma música, uma pessoa conhecida, uma história que eu ouvi – ou ser simplesmente dona dela mesma e brotar na minha cabeça. Depende muito.

Quando você está escrevendo, você leva em consideração a opinião de todos ou você escreve o livro inteiro e apresenta apenas o resultado final?


Também depende. Hoje em dia isso não acontece com tudo o que eu escrevo, mas até pouco tempo atrás tudo o que eu escrevia era publicado no Orkut. Com os comentários dos leitores, era muito mais fácil ter uma idéia do que eles estavam pensando. E também por
causa deles, às vezes eu alterava alguma coisa, às vezes até finais inteiros. Num dos meus livros (Dez Coisas) eu fiz uma votação sobre o que eles achavam que devia acontecer a seguir, e uma garota deixou um comentário tão legal com uma idéia tão bacana, que eu a coloquei, e o resultado foi ótimo. Hoje eu não sei mais como vai rolar. Ainda vou descobrir essa parte.


Aproveitando a pergunta anterior, quando você está escrevendo você tem em mente primeiramente o que as pessoas vão achar da história, ou você escreve para você?


As duas coisas. Na verdade, quando eu escrevo pra mim, eu automaticamente já me penso enquanto leitora. Por eu ser uma bookaholic louca e já ter lido muito, eu sei mais ou menos o que os leitores do gênero ao qual o meu livro se direciona podem esperar. Isso facilita bastante. Eu consigo ter as duas visões: o que eu acho que seria legal, e o que os leitores me crucificariam caso eu fizesse.


Agora tem no seu blog uma enquete de para qual lugar você deve ir para o lançamento do livro, mais fugindo um pouco da realidade e assumindo que seu livro ia ser lançado internacionalmente amanhã, para qual lugar do mundo você mais gostaria de ir para o lançamento do seu livro?


Pra onde me chamassem! Claro que seria super legal visitar Portugal, Espanha, ou o Canadá, mas se eu pudesse escolher, queria ver o livro sendo lançado em Oxford, a cidade nos EUA onde a história se passa. Já imaginou que legal? Espero que esse sonho se torne real um dia!


Larissa SirianiVocê tem algum livro que não pode faltar nunca, um livro assim que significa muito para você? Se sim, qual é a razão desse livro ser tão especial?

Tenho livros de que eu não me desfaço nunca, e que eu já li muitas e muitas vezes. A série Harry Potter é quase um talismã pra mim, por tudo o que a leitura me trouxe de bom enquanto eu crescia. Os livros do Markus Zusak também são especiais, por serem meus favoritos-de-todos-os-tempos. São meus bebês de cabeceira.


Pra finalizar, Larissa, você é tão jovem e tem tanta vida pela frente, e já conseguiu coisas que muitas pessoas desejam, como publicar seu próprio livro, fazer um evento de autógrafos e etc, o que você tem a dizer para as pessoas que querem chegar aonde você está hoje?


Que lutem, se acreditam no sonho! A gente não chega a lugar nenhum esperando! Se você acredita no que você quer, então vale a pena lutar por isso!


Então Larissa é isso. Muito obrigado por você ter aceitado participar da entrevista aqui no blog, você tem alguma coisa que queira falar ou deixar aqui para quem ler a entrevista?


Queria agradecer, e convidar todo mundo a conhecer os meus cantinhos: 
HTTP://larissasiriani.com.br
HTTP://larissasiriani.blogspot.com.br 
HTTP://twitter.com/larissasiriani


só pra acrescentar, o link da página da Larissa no Skoob é Larissa Siriani

Então é isso pessoal, espero que tenham gostado dessa entrevista tanto quanto eu gostei, eu queria agradecer muito à Larissa por ter aceitado essa Entrevista de última hora, e finalizar dizendo que vocês podem sugerir autores para serem entrevistados aqui nos comentários!


Até à próxima postagem!




Só para lembrar a vocês, comentem no Blog, quem sabe vocês não ganham alguma promo de Top Comentaristas? E Lembrando que Essa promoção pode ser anunciada a qualquer segundo...

Um comentário:

£ädÿ disse...

muito obrigada pelo espaço, Matheus! Adorei ter participado :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...